Hospital de Loulé
Hospital de Loulé

Centro Clínico de Almancil

News

news


O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já tinha infetado, no final de março, mais de meio milhão de pessoas em todo o mundo, e provocado a morte a mais de 23.000.
Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.
O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos.


Desde o dia 19 de março que Portugal se encontra em estado de emergência, que deverá estar em vigor, pelo menos, até 2 de abril. No entanto, pode vir a ser decidida a sua renovação por mais um período de 15 dias e assim sucessivamente. Com a declaração do estado de emergência, muitos estabelecimentos tiveram que fechar portas, mas o Governo elaborou uma lista de serviços e atividades consideradas prioritários e que podem manter-se em funcionamento durante este período, mesmo que estejam situados em centros comerciais, que irão manter-se abertos para permitir o seu funcionamento.




A população idosa é um dos grupos que apresenta um maior risco de doença grave por covid-19. Como grupo de risco, os idosos são particularmente aconselhados a adotar medidas para reduzir o risco de contágio, nomeadamente, o isolamento profilático. Estas medidas de isolamento e distanciamento social para minimizar a transmissão da doença, podem ser um fator de risco para o agravamento do estado nutricional dos idosos, quer naqueles que se encontram em casa, quer para os idosos institucionalizados. Um pior estado nutricional associa-se a um pior prognóstico e a um risco aumentado de complicações em caso de doença aguda e, consequentemente, está associada a um maior risco de mortalidade.

Centro Clínico de Almancil

It's fast and easy.

pre-reserve an appointment