Hospital de Loulé
Hospital de Loulé

Clínica Internacional de Vilamoura

14 de Novembro de 2018

Clínica Internacional de Vilamoura

A integração da atual Clínica Internacional de Vilamoura no Grupo Hospital de Loulé, em 2013, veio consolidar a sua elevação a unidade de saúde de excelência numa das maiores áreas turísticas do Algarve
Clínica Internacional de Vilamoura

É preciso recuar mais de 30 anos, até 1986, para contar a história da estrutura que deu origem à moderna Clínica Internacional de Vilamoura. O antigo Centro Médico de Vilamoura funcionou como tal até 2013, ano em que é integrado no Grupo Hospital de Loulé e se transfere para as atuais instalações, passando a designar-se Clínica Internacional de Vilamoura. Segundo conta à be healthy o Diretor Clínico da unidade, António Júdice, o antigo Centro Médico foi mesmo o “primeiro serviço de saúde que abriu ao público em Vilamoura”. A 18 de setembro de 2013 é inaugurada a Clínica Internacional de Vilamoura, que passa a dispor de um corpo clínico alargado e de mais consultas de especialidade, com destaque para a Medicina Dentária, entre outras até aí inexistentes no antigo espaço. Pouco tempo depois, a Clínica passa também a disponibilizar uma Unidade de Medicina Física e de Reabilitação. Atualmente, a Clínica Internacional de Vilamoura oferece atendimento em mais de 20 especialidades. Ao todo, o corpo clínico reúne mais de meia centena de profissionais e técnicos, que prestam atendimento todos os dias da semana, incluindo fins de semana e feriados. 

O antigo Centro Médico de Vilamoura foi durante muitos anos a única oferta de serviços de saúde na zona. Que memórias tem dessa altura?

Em 1986 existia em Vilamoura apenas um consultório, que na verdade era mais direcionado para consultas de Medicina no Trabalho para os funcionários da Lusotur. Nós fomos o primeiro serviço de saúde aberto ao público em Vilamoura e pode dizer-se que, nos últimos 30 anos, fomos nós que assegurámos o bem-estar e a saúde dos utentes de Vilamoura. Em 2013, o Hospital de Loulé e o Centro Médico de Vilamoura criaram a Clínica Internacional de Vilamoura. O atual espaço foi alvo de uma remodelação estrutural profunda, de forma a converter-se numa Clínica Multidisciplinar. 

Passados estes anos todos, de que forma se alterou o público alvo e o perfil dos pacientes que procuram a Clínica hoje em dia? 

A população residente em Vilamoura há 30 anos era muito inferior ao que é nos dias de hoje e também não havia a quantidade de turistas que agora passam férias em Vilamoura. Foi um período curto, de dois ou três anos, até conseguirmos ter o projeto totalmente estabelecido e hoje pode dizer-se que é uma aposta ganha. Temos famílias que já seguimos há mais de 30 anos. Mas não somos procurados apenas pelas pessoas da zona de Vilamoura, chegam-nos pacientes de vários locais do Algarve.

O aumento de residentes, portugueses e estrangeiros, teve também um impacto importante no aumento da procura pela Clínica?

A maior parte dos nossos pacientes continuam a ser os portugueses, embora também tenhamos uma grande quantidade de estrangeiros residentes, sobretudo do Reino Unido. Ultimamente, também se sente um aumento da procura por parte dos franceses e também temos notado a existência de mais italianos, embora não tão expressiva.

O facto de estarem inseridos numa zona turística de excelência é uma mais valia para a atividade da Clínica?

A existência da Clínica também é uma mais valia para Vilamoura, contribuído para torná-la num destino turístico mais seguro. As pessoas sentem-se mais seguras sabendo que podem contar com bons serviços de saúde durante as férias, caso venham a necessitar de assistência. Temos vários hotéis aqui à volta com quem estabelecemos contacto direto sempre que algum hóspede precisa de recorrer aos nossos serviços.

O facto de a Clínica estar próxima, geograficamente, da sede do Grupo Hospital de Loulé é vantajoso para os utentes?

Sim, trabalhamos em estreita articulação com o Hospital de Loulé e beneficiamos desta proximidade geográfica que faz com que as pessoas possam facilmente e com rapidez deslocar-se entre ambos os equipamentos. 


A Unidade de Medicina Física e de Reabilitação representa também um fator de diferenciação na vossa oferta. De que serviços dispõem?

A nossa unidade de Medicina Física e Reabilitação dispõe de instalações próprias criadas para esse efeito e que incluem área de tratamentos, um ginásio, gabinetes de consulta, um gabinete para tratamento de crianças, outro para terapia da fala e ainda salas de eletroterapia. Temos uma equipa multidisciplinar, composta por quatro fisioterapeutas, um fisiatra e uma osteopata. 








MARQUE UMA CONSULTA

É rápido e fácil

reserve uma pre-marcação